São Paulo perde nos pênaltis em casa, e Penapolense avança

Por fabiosaraiva
O goleiro Rogério Ceni, do São Paulo, durante cobranças de pênaltis na partida contra o Penapolense | Rubens Chiri/saopaulofc.net O goleiro Rogério Ceni, do São Paulo, durante cobranças de pênaltis na partida contra o Penapolense | Rubens Chiri/saopaulofc.net

Em pleno estádio do Morumbi, o São Paulo não conseguiu furar o bloqueio do Penapolense e, após empate por 0 a 0 no tempo regulamentar, caiu na disputa de pênaltis por 5 a 4 e foi eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista. Agora o time do interior encara o Santos na semifinal.

Mais cedo nesta quarta-feira, o Santos manteve o aproveitamento de 100% em casa na competição e despachou a Ponte Preta com uma goleada por 4 a 0.

Durante o primeiro tempo, o São Paulo não conseguiu furar o bloqueio rival e pouco criou. O lance mais importante foi um chute de fora da área de Ganso, bem defendido pelo goleiro Samuel Pires, aos 26 minutos. O Penapolense, por sua vez, se fechou atrás e pouco saiu para o ataque.

Já a segunda etapa teve um panorama diferente. Os visitantes resolveram explorar melhor os contra-ataques e deram alguns sustos no Tricolor, que errou muitos passes e insistiu nos cruzamentos, mas não levou perigo.

Com o empate, as duas equipes partiram para a disputa de pênaltis. Após Rogério Ceni e Luis Fabiano converterem suas cobranças, Rodrigo Caio chutou nas mãos do goleiro. Ganso e Osvaldo também fizeram gols, mas não foi suficiente para superar a eficiência perfeita do Penapolense. Guaru, Petrus, Washington, Douglas Tanque e Neto marcaram e levaram o time às semifinais do Paulistão.

Jogadores do Penapolense comemoram o pênalti batido por Neto, que decretou a vitória da equipe | Adriano Vizoni/ Folhapress Jogadores do Penapolense comemoram o pênalti batido por Neto, que decretou a vitória da equipe | Adriano Vizoni/ Folhapress
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo