Atlético-PR perde para o Vélez e vai decidir futuro na altitude

Por fabiosaraiva
Drausio, do Atlético Paranaense, comemora gol marcado contra o Vélez Sarsfield, pela Libertadores | Rodolfo Buhrer/Reuters Drausio, do Atlético Paranaense, comemora gol marcado contra o Vélez Sarsfield, pela Libertadores | Rodolfo Buhrer/Reuters

A noite parecia ser de festa na Vila Capanema. Estádio lotado, torcida vibrante e a apresentação da nova camisa em comemoração aos 90 anos do Atlético-PR.

Tudo isso para disparar na liderança do Grupo 1 da Libertadores, mas o resultado foi o contrário, derrota por 3 a 1 para o Vélez Sarsfield que obriga o time a decidir seu futuro na altitude de La Paz contra o The Strongest, pela última rodada da fase de grupos.

Os paranaenses, no entanto, foram surpreendidos logo no início da partida. Aos seis minutos os argentinos abriram o placar com Allione. A defesa do Furacão fez a linha burra, que não deu certo, e o volante adversário saiu livre para marcar.

O Atlético se lançou à frente então, enquanto o Vélez queria explorar os contra-ataques. Mesmo com boas oportunidades, a bola teimava em não entrar. Os ânimos dos jogadores do Atlético-PR estavam à flor da pele, maior exemplo foi o meia Fran Mérida, que mesmo no banco de reservas acabou expulso por reclamação logo aos cinco minutos do segundo tempo.

No entanto, dois minutos depois os brasileiros empataram com Dráusio. O zagueiro aproveitou cobrança de falta e subiu mais alto que todos para cabecear. Dois minutos depois o Furacão teve a oportunidade de virar. Marcelo recebeu livre, na frente do goleiro Sosa, mas o argentino acabou fazendo grande defesa.

O castigo veio em cinco minutos. Pratto recebeu na direita e bateu de primeira, para o chão, marcando um golaço em um quase sem pulo. O jogo então passou a ser bastante nervoso.

Aos 29 minutos o Furacão voltou a perder um gol incrível. Éderson chutou da marca do pênalti e Sosa fez outra boa defesa, no rebote, Douglas Coutinho mandou na trave.

Ainda houve tempo para que os argentinos ampliassem. Aos 47 minutos, Canteros mandou a bola no ângulo após contra-ataque.

Loading...
Revisa el siguiente artículo