Brasília fará a abertura da temporada da F-Indy em 2015

Por Tercio Braga
João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, cumprimenta Agnelo Queiroz, governador do DF, durante assinatura de contrato nesta sexta-feira | Carol Gherardi/Band João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, cumprimenta Agnelo Queiroz, governador do DF, durante assinatura de contrato nesta sexta-feira | Carol Gherardi/Band

O Brasil vai voltar a ser incluído no calendário da Fórmula Indy na temporada de 2015 com a realização de cinco etapas a ser realizado no Autódromo Nelson Piquet, em Brasília (DF).

A novidade foi anunciada nesta sexta-feira durante convenção anual do Grupo Bandeirantes em São Paulo.

A etapa brasileira vai abrir o calendário do próximo ano, com a etapa marcada para o dia 8 de março.

No entanto, para sediar o evento, o autódromo do Distrito Federal, inaugurada há 40 anos, em 1974, vai precisar passar por algumas reformas.

No projeto inicial de obras, discutido no ano passado, as quatro curvas e o traçado atual serão substituídos por um novo com, no mínimo, dez curvas. A reta será ampliada e usará um trecho aberto em rua, que fará parte do autódromo.

Área dos boxes do Autódromo de Brasília deve ser uma das áreas reformadas | Duda Bairros/Vicar/Divulgação Área dos boxes do autódromo de Brasília deve ser uma das áreas reformadas | Duda Bairros/Vicar/Divulgação

A Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé foi realizada no Circuito Anhembi, na zona norte da capital paulista de 2010 a 2013.

Brasília será a terceira cidade no Brasil, depois do Rio de Janeiro, no extinto autódromo internacional, em um circuito oval especialmente montado, durante cinco temporadas entre os anos de 1996 e 2000.

Na temporada 2014, o Brasil está sendo representado por Helio Castroneves e Tony Kanaan.

O Anhembi recebeu a Fórmula Indy entre 2010 e 2013 | Divulgação O Anhembi recebeu a Fórmula Indy entre 2010 e 2013 | Divulgação

Brasília

Brasília será a terceira cidade brasileira a receber a Fórmula Indy. O Rio foi sede da etapa no oval construído em Jacarepagua, entre 1996 e 2000. São Paulo abrigou a categoria em um circuito de rua que foi montado no Parque Anhembi, utilizando o Sambódromo e uma parte da Marginal Tietê entre 2010 e 2013.

Para receber a F-Indy, o autódromo de Brasília deverá passar pela maior reforma de sua história. Em seus 40 anos, a pista permanece inalterada e pouca coisa mudou em sua estrutura.

A Band e a BandSports serão os canais responsáveis pela transmissão da F-Indy para todo o Brasil.

Helio Castroneves é um dos representantes do Brasil nesta temporada da F-Indy | Divulgação Helio Castroneves é um dos representantes do Brasil nesta temporada da F-Indy | Divulgação
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo