Venda de Kardec ao Palmeiras deve ser concretizada

Por Caio Cuccino Teixeira
Alan Kardec comemora o segundo do Palmeiras | Miguel Schincariol/Folhapress Alan Kardec é o artilheiro do Verdão na temporada | Miguel Schincariol/Folhapress

Emprestado pelo Benfica ao Palmeiras até o fim de junho, o atacante Alan Kardec deve continuar no Palmeiras por mais tempo. O clube alviverde negocia com os portugueses a compra dos direitos do camisa 14, artilheiro do Verdão na temporada com sete gols em 13 jogos disputados.

O alviverde deve pagar R$ 13 milhões (4 milhões de euros) à equipe de Portugal para ficar com Kardec em definitivo. A ideia do Palmeiras é utilizar o valor arrecadado na venda do zagueiro Henrique para o Napoli – 3,2 milhões de euros, ou seja, R$ 10,4 milhões – para fechar a permanência do atacante.

“Ainda não está definido, seguem as negociações, mas creio que estamos perto de um acerto”, afirmou ao jornal “Lance!” o assessor jurídico do Benfica, Paulo Gonçalves.

A confiança na permanência do artilheiro é grande. Tanto que clube e atleta já discutem novas propostas salariais. Há, também, aceitação de Alan Kardec por parte do contrato por produtividade, método adotado pelo presidente Paulo Nobre desde o ano passado.

Wesley

Se no caso de Kardec a tendência é que o contrato seja renovado, o mesmo não se pode dizer de Wesley. O volante quer ficar – o compromisso é até fevereiro de 2015. A partir de agosto, ele pode assinar um pré-contrato. O problema é que o camisa 11 não quer o acordo por produtividade.

Loading...
Revisa el siguiente artículo