Mendieta marca no fim e garante vitória do Verdão contra a Ponte

Por george.ferreira
Mendieta comemora gol do Palmeiras contra a Ponte / Piervi Fonseca / Folhapress Mendieta comemora gol do Palmeiras contra a Ponte / Piervi Fonseca / Folhapress

Líder folgado do Grupo D do Paulistão, o Palmeiras venceu a Ponte Preta por 3 a 2 neste sábado, no Pacaembu, pela 14ª e penúltima rodada do estadual. O Verdão, já garantido nas quartas e disputando apenas a melhor campanha geral, chegou aos 35 pontos, um a mais que o Santos, do Grupo C. Os rivais se enfrentam no próximo domingo, em uma espécie de “final” da primeira fase do Paulista.

Quem terminar em primeiro terá todos os mandos de campo nas quartas e semi, e decidirá em casa em uma eventual final.

A Ponte Preta, com 25, ocupa a segunda colocação no Grupo C, contra 20 do São Bernardo, o terceiro, o único que ainda pode tirar a vaga na Macaca.

Rossi abriu o placar para a Ponte logo aos dois minutos de jogo, mantendo o placar de 1 a 0 até os 15 da etapa final, quando Eguren empatou para o Palmeiras. Se o gol da igualdade custou a sair, o da virada veio rápido: Bruno César foi derrubado por Carleto dentro da área e o juiz marcou o pênalti. Aos 18, Alan Kardec converteu para colocar o Verdão na frente.

Aos 25, porém, foi a vez da Ponte ter uma penalidade ao seu favor. Silvinho foi derrubado por Wendel dentro da grande área e ele mesmo marcou.

Quando parecia que a partida terminaria empatada, Mendieta colocou o Verdão na frente de novo, aos 42 minutos, dando números finais ao placar.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo