Schumacher apresenta sinais "encorajadores", diz comunicado

Por Tercio Braga
Schumacher está internado desde o dia 29 de dezembro, após um acidente de esqui em Grenoble, na França | Mark Thompson/Getty Images Schumacher está internado desde o dia 29 de dezembro, após um acidente de esqui em Grenoble, na França | Mark Thompson/Getty Images

A assessora de Michael Schumacher, Sabine Kehm, mostrou confiança quanto ao processo de recuperação do ex-piloto de Fórmula 1. Ele está internado desde o dia 29 de dezembro do ano passado, quando sofreu grave acidente de esqui nos Alpes Franceses.

De acordo com comunicado divulgado nesta quarta-feira (12), o heptacampeão mundial apresenta “sinais encorajadores”. O texto também pede paciência para aqueles que acompanham a luta do alemão de 45 anos.

“Às vezes surgem alguns sinais pequenos e encorajadores. Mas também sabemos que este é o momento de sermos pacientes, porque Michael sofreu lesões muito graves. Estava claro desde o início de que seria uma longa e dura luta para ele. Continuamos confiantes de que Michael vai se recuperar e acordará.

Estamos tentando canalizar todas as energias para o Michael. Acreditamos seriamente que isso o ajudará. Entramos nesta briga juntos com a equipe de médicos, nos quais confiamos plenamente. A lentidão do processo não é uma preocupação para nós. Acreditamos que vamos vencer esta batalha”, diz trecho da nota.

No momento, Schumacher continua internado no Hospital Universitário de Grenoble, na França, enquanto os médicos responsáveis pelo ex-piloto trabalham para diminuir os sedativos e retirá-lo do coma induzido.

Loading...
Revisa el siguiente artículo