Romário chama Blatter de ladrão e Valcke de chantagista

Por Tercio Braga
Romário também atacou a CBF e o governo brasileiro, acusados por ele de serem complacentes com os desmandos da Fifa | José Cruz/ ABr Romário também atacou a CBF e o governo brasileiro, acusados por ele de serem complacentes com os desmandos da Fifa | José Cruz/ ABr

Acostumado a não ter papas na língua, o ex-jogador e atual deputado federal Romário atacou o presidente e o secretário geral da Fifa de maneira bem incisiva e os acusou de estarem ganhando muito dinheiro com a Copa no Brasil.

Leia mais
• Fifa vende 200 mil ingressos em cinco horas, mas torcedor precisa ter paciência

“O (Jérôme) Valcke vem aqui, manda e desmanda e todo mundo bate palma. Ele é um dos maiores chantagistas do esporte mundial. Ele teve problemas no passado e ai saiu, depois voltou fazendo chantagem com o presidente da Fifa (Joseph Blatter), que também é um ladrão, corrupto e f…, desculpa a expressão. Então é com isso que a gente convive”, declarou ele em entrevista à ESPN.

Romário também atacou a CBF e o governo brasileiro, acusados por ele de serem complacentes com os desmandos da Fifa e de também estarem lucrando com o evento.

“A Fifa e a CBF têm dois ladrões, o (José Maria) Marin e o (Marco Polo) Del Nero, que será o próximo presidente. Eles vão ficar bilionários com a Copa e tudo bem. Isso é nosso governo, nossa presidente, nossos secretários e governadores que também estão enriquecendo”, disparou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo