Blatter e Dilma não discursarão na abertura da Copa, diz dirigente

Por Tercio Braga
Os apresentadores Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert recebem no palco a presidente Dilma Rousseff e  o presidente da Fifa Joseph Blatter | Sergio Moraes/ Reuters Os apresentadores Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert recebem no palco a presidente Dilma Rousseff e o presidente da Fifa Joseph Blatter na cerimônia do sorteio da Copa | Sergio Moraes/ Reuters

A cerimônia de abertura da Copa do Mundo, que será realizada antes do jogo Brasil x Croácia, não terá discursos da presidente Dilma Rousseff, tampouco do presidente da Fifa. Joseph Blatter fez  a revelação em entrevista à imprensa alemã nesta terça-feira.

Leia também
• FIFA abre 4ª fase da venda de ingressos para a Copa

A ideia é evitar que os dois sejam vaiados, como aconteceu durante a Copa das Confederações, em Brasília, no ano passado.

A competição coincidiu com uma onda de manifestações populares, que tomou conta das ruas das principais cidades brasileiras. Na pauta dos protestos, estavam os custos públicos com a organização do Mundial.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo