Atlético-MG sofre, mas supera o Santa Fé no Independência

Por Tercio Braga
Jô comemora o primeiro do Atlético-MG | Pedro Vilela Getty Images Jô comemora o primeiro do Atlético-MG | Pedro Vilela
Getty Images

O Atlético-MG sofreu mais do que pensava e deveria, mas conseguiu vencer o Santa Fé, nesta quarta-feira, no Independência, em Belo Horizonte, pela segunda rodada da Libertadores por 2 a 1. Jogando com um a mais durante pouco mais da metade do jogo, o gol da vitória só saiu a cinco minutos do fim.

Leia também
• Com gol de Hernane, Flamengo vence Emelec na Libertadores
• Botafogo arranca empate no fim e segue na ponta na Libertadores

O Galo bem que tentou, dominou o primeiro tempo e teve quatro boas chances de gol, aos seis minutos com Tardelli, aos 10 em chute de Fernandinho, sete minutos depois Josué chutou e a bola passou raspando o travessão e aos 24 Otamendi cabeceou, obrigando o goleiro Vargas a fazer boa defesa, mas saiu para o intervalo com o zero no placar.

No final da primeira etapa, o Santa Fé ainda teve o atacante Medina expulso após cotovelada no zagueiro Otamendi. Com um a mais, o caminho para o gol parecia que ficaria mais fácil. Aos sete do segundo tempo Jô chutou forte e a bola bateu na trave.

Mas aos 13 minutos foi a vez da equipe colombiana assustar. Em uma de suas poucas chances, o Santa Fé arriscou com Omar Pérez, o meia chutou com veneno, no canto esquerdo de Victor. O gol do adversário incendiou a torcida do Galo e o resultado veio logo, apenas dois minutos depois Jô deixou tudo igual, fazendo com que a massa atleticana explodisse em uma festa ainda maior.

A virada parecia questão de tempo. Otamendi teve outra boa chance aos 19. O Santa Fé se fechava e tentava sair no contra-ataque e o gol da vitória demorou a sair, com sofrimento, chegou aos 41 com Neto Berola em um sem pulo. O santa Fé ainda tentou pressionar, mas sem alterar o placar.

Galo agora é líder isolado do Grupo 4 da Libertadores com seis pontos. O Santa Fé e o Nacional, próximo adversário do Atlético vem logo atrás com três. O Zamora é o lanterna e ainda não pontuou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo