Real Madrid massacra Schalke e encaminha vaga na Champions

Por Tercio Braga
CR7 igualou-se ao sueco Zlatan Ibrahimovic na artilharia com dez gols marcados na competição | Ina Fassbender/Reuters CR7 igualou-se ao sueco Zlatan Ibrahimovic na artilharia com dez gols marcados na competição | Ina Fassbender/Reuters

Com resultado de set em partida de tênis, o Real Madrid massacrou o Schalke 04 nesta quarta-feira ao vencer por 6 a 1, fora de casa, o jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões e praticamente assegurou a vaga para a próxima fase.

O Real contou com o trio Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo para dar um verdadeiro show de bola na Veltins Arena de Gelsenkirchen. Cada um balançou as redes duas vezes e CR7 igualou-se ao sueco Zlatan Ibrahimovic na artilharia com dez gols marcados na competição.

O holandês Jan-Klass Huntelaar descontou no final com um golaço, quando o time espanhol já vencia com “um set” de vantagem (6 a 0).

O Real não vencia na Alemanha há mais de 13 anos, desde a vitória por 3 a 2 sobre o Bayer Leverkusen em setembro de 2000. No total, foi apenas a segunda vitória em 26 partidas disputadas no país.

Cristiano Ronaldo manda para as redes, após passar pelo goleiro, para marcar o sexto do Real | Ina Fassbender/Reuters Cristiano Ronaldo manda para as redes, após passar pelo goleiro, para marcar o sexto do Real | Ina Fassbender/Reuters

Só um desastre pode tirar time espanhol das quartas de final, já que os alemães precisam devolver a goleada no jogo de volta, marcado para o dia 18 de março no estádio Santiago Bernabeu.

Chelsea empata na Turquia

O Chelsea empatou com o Galatasaray por 1 a 1, no Turk Telekon Arena, em Istambul, na Turquia. Com isso, o time inglês pode se classificar em Stamford Bridge, no dia 18 de março, com um simples empate sem gols em casa, para avançar à próxima fase da competição. Igualdade por dois gols ou mais dá a vaga para o rival. Repetição do resultado leva a decisão para os pênaltis.

A partida marcou o reencontro de José Mourinho com dois ex-pupilos: o meia holandês Sneijder e o atacante Drogba, comandados por ele na Inter de Milão e Chelsea, respectivamente.

O Chelsea abriu o placar. Fernando Torres recebeu na área e chutou aos 9 minutos.

O gol de empate do time turco deixou tudo igual aos 19 minutos da etapa complementar, com Chedjou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo