Borussia bate Zenit e fica perto das quartas na Liga dos Campeões

Por Tercio Braga

Com dois gols relâmpago marcados nos primeiros cinco minutos da partida, o Borussia Dortmund venceu o Zenit por 4 a 2 na Rússia, nesta terça-feira, e deu um passo importante rumo à classificação às quartas de final da Liga dos Campeões.

O polonês Robert Lewandowski voltou a se destacar, anotando os últimos dois gols da equipe alemã na partida. O armêmio Henrikh Mkhitaryan e o meia Marco Reus também marcaram para os visitantes, enquanto Oleg Shatov e o brasileiro Hulk, de pênalti, descontaram para o time russo.

Mesmo desfalcado de vários jogadores importantes, como Neven Subotic, Matts Hummels, Lars Bender, Ilkay Gundogan e o capitão Jakub Blaszczykowski, o Borussia mostrou porque é vice-campeão europeu, podendo agora se dar o luxo de perder por um gol de diferença na partida de volta, marcada para o dia 19 de março em Dortmund.

Qualquer derrota por dois gols de diferença também classifica os alemães, desde que os russos marquem menos de quatro gols.

O Borussia vinha de uma derrota preocupante por 3 a 0 na Bundesliga, mas mostrou que sabe se superar quando joga na Liga dos Campeões.

Com domínio arrasador no primeiro tempo, os alemães cometeram erros defensivos infantis e que quase colocaram os russos de volta na partida, mas o trio de ataque formado por Reus, Lewandowski foram de uma eficiência implacável, aproveitando qualquer brecha deixada pela defesa do Zenit.

Em São Petersburgo, a temperatura já era de pouco mais de 1ºC, mas o atual vice-campeão europeu não demorou para esfriar ainda mais o ambiente no estádio Petrovskyi.

Mkhitaryan abriu o placar para os visitantes com apenas quatro minutos de bola rolando, na conclusão de um contra-ataque puxado por Marco Reus.

Os papéis se inverteram no minuto seguinte, quando Mkhitaryan arrancou pela direita e rolou para Grosskreutz tocar de calcanhar para Reus fazer 2 a 0 com um chute seco de canhota.
Lewandowski quase ampliou de cabeça aos 29 e Reus desperdiçou outra chance clara no minuto seguinte.
O Zenit reagiu aos 12 no segundo tempo, com um gol ‘chorado’ de Oleg Shatov. Em jogada iniciada por Hulk, o volante de 24 anos pegou o rebote de um chute do venezuelano Rondón que explodiu na trave depois de um bate-rebate na área do Borussia.

Os alemães continuaram pressionando e fizeram 3 a 1 quatro minutos depois com o polonês Robert Lewandowski, depois de uma bela tabela com o compatriota Piszczek.

O jogo começou a pegar fogo e o Zenit diminuiu novamente aos 24, com um gol de pênalti de Hulk, após o árbitro marcar uma falta duvidosa de Piszczek na área.

De novo, a torcida russa mal teve tempo de comemorar, já que Lewandowski anotou o quarto gol do Borussia três minutos depois com um belo chute cruzado, após receber um passe açucarado de Marco Reus.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo