Neymar diz estar "de saco cheio" de dirigentes do Santos

Por Tercio Braga

Neymar resolveu desabafar via Instagram sobre o imbróglio envolvendo sua transferência do Santos para o Barcelona, no ano passado. O atacante lembrou até da crise envolvendo o ex-companheiro de equipe, Paulo Henrique Ganso, para criticar Odílio Rodrigues e Luiz Álvaro, atual e ex-presidente do clube da Vila Belmiro.

“Mais uma vez estou tomando a liberdade de falar em um assunto que já passou dos limites… Hoje eu entendo o meu irmão PAULO HENRIQUE GANSO [hoje no São Paulo] de não ter ficado no Santos, não foi porque ele não gostava mais do clube e nem queria jogar no Santos, foi sim por causa da diretoria !! Sempre respeitei todos eles e fui muito profissional.. Estou totalmente decepcionado com o ex presidente LAOR e o atual ODILIO .. Principalmente o LAOR que sempre o tratei com o maior carinho e admiração, hoje se foi tudo com o que ele disse a respeito do meu PAI .. To de saco cheio dessa balela, ta enchendo o saco tanta falação !! Se ele pensou que meu Pai era burro, se enganou muito !! Sou fã e continuo sendo do meu Pai por ter me colocado onde estou e se ele ganhou milhões, qual o problema ? .. Ele trabalhou e não ficou esperando nada cair do céu.. Agora deu né .. Desculpa torcida Santista, mas não vai ser por causa de “duas ou mais pessoas” que meu carinho pelo SANTOS FUTEBOL CLUBE vai mudar ..”, escreveu Neymar em seu perfil.

neymar-instagram-reproducao620

A transferência do astro brasileiro de 22 anos do Santos provocou uma grande turbulência na Espanha depois que um sócio do Barça apresentou uma denúncia contra o presidente do clube, Sandro Rosell, por “apropriação indébita”.

Após a revelação dos valores do contrato, foi constatada uma diferença, para mais, de cerca de 25 milhões de euros entre o que o Barça divulgou na época do negócio e o que está nos documentos da transação. A polêmica atingiu também o pai do jogador, Neymar dos Santos, que recebeu, por intermédio de uma empresa, 40 milhões de euros, a título de comissão, acertada. A DIS, que detinha parte dos direitos do jogador, se sentiu lesado, assim como parte dos santistas.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo