Tite chama de ‘vagabundos’ invasores ao CT do Timão

Por george.ferreira

Tite segue sem emprego desde que deixou o Corinthians no fim do ano passado, mas ficou desapontado com a invasão ao CT Joaquim Grava.

“Todo reconhecimento se deve a uma equipe, a uma torcida, e não estou falando desses vagabundos que invadem local de trabalho”, disse em entrevista ao jornal Lance!, publicada nesta sexta-feira.

Ele pede punição exemplar aos torcedores que brigam nos estádios.  “Quem é culpado deve ser punido. Punição generalizada é uma merda. O cara que não faz nada não pode ser punido. Se isso acontece, ele se sente ferido, ridicularizado. Fica tudo muito escuro”.

O treinador recebeu propostas para dirigir o Internacional, Grêmio e até Atlético-MG, mas recusou.

“O (presidente) Alexandre Kalil me convidou para ir para o Atlético-MG depois da saída do Cuca. Por ele, pela estrutura, pelo desafio, a oferta me fez balançar. Mas eu não tinha condições de assumir um trabalho naquela hora. Grêmio e Inter também me procuraram”, falou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo