Corinthians e Palmeiras farão coletiva para promover a paz nos estádios

Por george.ferreira

Corinthians e Palmeiras se enfrentam no Pacaembu, neste domingo, às 17h, pelo Campeonato Paulista. Com objetivo de promover a paz nos estádios, os dois clubes resolveram, em comum acordo fazer algo inédito.

Leia mais:

• Pato treina com a camisa 11 no São Paulo

Os presidentes Mário Gobbi, do Corinthians, e Paulo Nobre, do Palmeiras e os técnicos Gilson Kleina, do Palmeiras, e Mano Menezes, do Corinthians, concederão entrevista coletiva juntos nesta sexta-feira, às 11h, no salão nobre do Pacaembu.

No entanto, os treinos acontecerão nos seus respectivos clubes. Além da coletiva, ficou acertado que os dois times entrarão juntos no gramado antes da partida de domingo, carregando a faixa com os dizeres “Adversário não é inimigo. Rivais só em campo”, e se posicionarão de forma intercalada durante o hino nacional.

As duas equipes vivem situações opostas no Paulistão. Enquanto o Palmeiras está invicto e soma 19 pontos, dono da melhor campanha, o rival vive má fase, já que não sabe o que é vencer já cinco rodadas, acumulando quatro derrotas e um empate, soma sete pontos e segura a lanterna do grupo B.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo