Com um a menos, Flamengo perde na estreia da Libertadores

Por talita
Elano disputa a bola com o adversário |Sergio Mejia / Brazil Photo Press/Folhapress Elano disputa a bola com o adversário |Sergio Mejia / Brazil Photo Press/Folhapress

O Flamengo visitou o León pela estreia na Libertadores e saiu do México com uma derrota por 2 a 1. O time ficou com um a menos desde os 12 minutos quando perdeu o volante Amaral expulso após deixar a perna em uma dividida com o meia Montes.

O León passou a dominar mais o jogo e controlar a posse de bola, mas arriscava pouco. Aos 29 minutos o time mexicano chegou com perigo pela primeira vez desde que ficou com um a mais, Hernández chutou com força, obrigando Felipe a realizar boa defesa.

Um minuto depois veio o castigo para o time brasileiro. O árbitro marcou pênalti para o León após uma jogada muito duvidosa em que Boselli caiu em uma disputa de bola com Hernane. O próprio argentino cobrou forte, no meio do gol para abrir o placar.

Após sofrer o gol, o time do Flamengo melhorou. Elano teve chance em uma falta perigosa perto da área, mas chutou na barreira. O meia se redimiu aos 42, quando em nova cobrança de falta, colocou a bola na cabeça do zagueiro Cáceres, gol e tudo igual no México.

O time mexicano voltou para o segundo tempo assustando o Flamengo, Felipe mais uma vez salvava o rubro-negro. O time brasileiro dava espaços e aos 14 minutos houve mais um pênalti para o Léon. Boselli bateu novamente, mas tentou uma cavadinha e Felipe fez a defesa.

O segundo gol mexicano veio aos 22 minutos, após escanteio houve confusão na área, Arizala aproveitou a chance e desviou para as redes, sem chance para o goleiro. O Flamengo levava perigo apenas nas bolas aéreas, em mais uma cobrança de falta de Elano, a bola foi desviada e parou na trave.

Com um a menos e 1,8 mil metros de altitude jogando contra, o Fla ainda tentava o empate nos contra-ataques, mas não conseguiu alterar o placar.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo