Anna Sidorova, do curling, a "namoradinha" dos Jogos de Sochi

Por fabiosaraiva

Os Jogos Olímpicos de Inverno não completaram nem uma semana em Sochi, na Rússia. Mas já é possível afirmar que a cidade já elegeu sua “namoradinha”. Anna Sidorova, capitã da equipe russa de curling, é a queridinha da Olimpíada Aos 23 anos, cabe a ela a responsabilidade de jogar os rivais para fora da competição.

De quebra, ela varreu o coração dos marmanjos. Tanto que já recebeu diversas cantadas de jornalistas, a ponto de o assunto ser considerado “inapropriado” em coletivas de imprensa.

Além disso, também graças à ela – que, aliás, é solteira – os ginásios de Sochi estão cheios para apoiar Sidorova e suas companheiras. Também pela partida de curling, mas não só por ela.

“É ótimo ouvir que as pessoas nos conhecem e gostam de nós. Mas é muito melhor quando elas gostam do nosso jogo e entendem o que estamos fazendo”, disse a musa.

 

Passado de patins

Antes de se tornar a principal atleta da Rússia no curling, Sidorova praticava patinação artística. A carreira foi interrompida por uma lesão. Por isso, aos 14 anos, ela migrou para o esporte das pedras e vassouras.

Em 2010, aos 19, ela participou dos Jogos de Vancouver, no Canadá.

Anna Sidorova comanda a equipe da Rússia no curling | Ints Kalnins/Reuters Anna Sidorova comanda a equipe da Rússia no curling | Ints Kalnins/Reuters

 

Sidorova, ao centro, arremessa a pedra | Ints Kalnins/Reuters Sidorova, ao centro, arremessa a pedra | Ints Kalnins/Reuters

 

Atleta já fez ensaios para revistas masculinas | Reprodução/Facebook Atleta já fez ensaios para revistas masculinas | Reprodução/Facebook

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo