Ex-ginasta Lais Souza será transferida para Miami

Por Tercio Braga
O acidente aconteceu quando Lais treinava em Salt Lake City para a Olimpíada de Inverno | Divulgação/CBDN O acidente aconteceu quando Lais treinava em Salt Lake City para a Olimpíada de Inverno | Divulgação/CBDN

A ex-ginasta Lais Souza, que sofreu grave lesão na 3ª vértebra da coluna cervical depois de um acidente durante treinos para os jogos de Sochi (RUS), em Salt Lake City (EUA) e está internada em estado grave no Hospital Universitário de Utah (EUA), será transferida nesta quarta-feira para o Hospital da Universidade de Miami, informou o COB (Comitê Olímpico Brasileiro).

Segundo o COB, a decisão pela transferência da atleta para o hospital da Flórida foi tomada pelos médicos brasileiros e norte-americanos que a acompanham desde o pós-operatório.

“O Hospital da Universidade de Miami possui vasta experiência no tratamento de lesões na coluna cervical e estamos certos de que esse trabalho ajudará muito para a recuperação da Lais”, disse Antonio Marttos Jr, médico do Time Brasil.

“O quadro dela permanece grave, porém estável, e ainda é cedo para definir um diagnóstico de seu futuro. O importante é que ela continuará recebendo toda a atenção e o que há de mais avançado em termos de tratamento para esse tipo de lesão”, completou Marttos.

Lais seguirá para Miami em um avião equipado com UTI móvel e será acompanhada por Marttos e pela fisioterapeuta Denise Lessio. A mãe da atleta, Odete Vieira da Silva Souza e Adriana Behar, gerente de Planejamento Esportivo do COB vão para Miami em voo comercial.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo