Corinthians tem segurança reforçada no CT Joaquim Grava

Por Caio Cuccino Teixeira
Seguranças ficaram na porta do CT Joaquim Grava nesta segunda-feira | Marcelo D Seguranças ficaram na porta do CT Joaquim Grava nesta segunda-feira | Marcelo D’Sants/Frame/Folhapress

O CT Joaquim Grava, do Corinthians, na zona leste de São Paulo, amanheceu reforçado nesta segunda-feira. A diretoria do clube contratou seguranças terceirizados, que ficam na porta.

Veja também
Mario Gobbi exime Corinthians de culpa pela invasão no CT
‘Invasão do CT do Corinthians é caso de polícia’, diz Aldo Rebelo

Além da segurança reforçada, a polícia faz ronda no CT.

Ficou definido que, devido a crise, Mário Gobbi, presidente do Corinthians, vai conceder entrevista coletiva mais tarde.

A segurança foi redobrada após a terceira derrota seguida, dessa vez para a Ponte Preta por 2 a 1, domingo passado, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

No último sábado, mais de cem torcedores invadiram o CT e criaram um clima de terror para jogadores, funcionários e dirigentes do clube.

A invasão foi marcada por muita hostilidade, cenas de vandalismo e assaltos. Paolo Guerrero chegou a ser estrangulado.

Felipe e Cleber devem formar a zaga do Corinthians no jogo de quarta-feira, contra o Bragantino, já que os titulares Gil e Paulo André foram expulsos neste domingo.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo