Justiça da Espanha pede à Fifa informações sobre a negociação

Por Tercio Braga
Neymar e o Barcelina, após serem notificados judicialmente, terão cinco dias para divulgar os detalhes na negociação | Albert Gea/Reuters Neymar e o Barcelina, após serem notificados judicialmente, terão cinco dias para divulgar os detalhes na negociação | Albert Gea/Reuters

A Justiça Espanhola segue investigando a polêmica do valor gasto na contratação de Neymar pelo Barcelona. Em contato com o Portal da Band, a Fifa diz ter sido procurada pela Corte Judicial da Espanha, via RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), para obter informações sobre a transferência do atacante à Catalunha.

Em sua resposta, a Fifa não deu mais detalhes à Justiça Espanhola. “(Nós da Fifa) informamos à RFEF que qualquer pedido de informação confidencial deve ser feito por meio de canais judiciários internacionais estabelecidos”, diz a entidade.

“Além disso, neste momento não é possível oferecer mais informações, tampouco especular sobre a abertura de qualquer tipo de investigação por parte da Fifa”, completa.

Aliás, não é só a Justiça Espanhola que investiga a fundo a contratação de Neymar pelo Barcelona. Em sua edição desta sexta-feira, o jornal “Folha de S. Paulo” afirma que a 23ª Vara Cível de São Paulo emitiu uma carta aos espanhóis para que notifiquem Neymar e Barcelona sobre a transferência do atacante ao DIS, fundo de investimento que detinha parte dos direitos federativos do atleta.

Após serem notificados, o atacante e a equipe catalã terão cinco dias para abrirem os contratos da negociação. A decisão é resultado de uma ação movida pelo DIS desde 2013.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo