Ecclestone diz que motores V6 são "uma farsa" e critica equipes da F-1

Por Tercio Braga
Ecclestone continuará comandando a F-1, mas suas decisões terão de ser avalisadas pela CVC | Clive Mason/Getty Images Ecclestone reclamou dos gastos desnecessários das equipes | Clive Mason/Getty Images

Bernie Ecclestone se mostrou indignado com a mudança dos motores da Fórmula 1 que deixaram o V8 para chegar ao V6 e classificou os testes de Jerez de La Frontera, como “farsa total”.

Veja também
Massa faz o melhor tempo do último dia de treinos em Jerez

Ex-piloto Schumacher responde a instruções e pisca os olhos

“Eu disse que isso iria terminar assim, uma farsa total. Eles (FIA e as equipes) insistiram nesses novos motores. Se eles procuravam correr assim, deveriam ir para Le Mans”.

O dirigente foi afastado recentemente do conselho de diretores da Fórmula 1 após enfrentar acusações de suborno na Justiça.

Ecclestone não perdoou nem o argumento de que as equipes buscam economia de combustível com os novos motores.

“Eles falam sobre gastar menos combustível. Eles não precisavam de novos motores para fazer isso. Poderiam ter motorhomes menores, aí eles não precisariam de tantos caminhões para viajar pela Europa. A Mercedes está levando 23 caminhões com ela em todo lugar. Se eles realmente quisessem economizar combustível, parariam com isso”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo