Chuva forte derruba estrutura metálica na Arena do Palmeiras

Por Tercio Braga
Estrutura metálica que cedeu nesta sexta-feira no estádio palmeirense / Reprodução/Brasil Urgente Estrutura metálica que cedeu nesta sexta-feira no estádio palmeirense / Reprodução/Brasil Urgente

Parte da estrutura metálica da cobertura da Arena do Palmeiras cedeu nesta sexta-feira, no bairro perdizes, zona oeste da Capital, devido às fortes chuvas que caíram. A informação foi divulgada com exclusividade pelo programa ‘Brasil Urgente’, da Band.

Não havia operários no local porque o turno de trabalho dos funcionários já havia terminado, por isso não teve feridos.

A responsabilidade da construção do estádio é da WTorre, que ainda não divulgou nenhum, boletim informativo sobre o ocorrido.

A Arena deverá custar R$ 500 milhões. A previsão inicial de término da obra era para ser entregue no segundo semestre de 2013. Agora, está prevista para junho deste ano.

A Allianz Arena não está entre os estádios que receberá os jogos da Copa do Mundo.

No dia 15 de abril do ano passado, aconteceu um desabamento na obra da Arena Palmeiras, que matou o operário Carlos de Jesus, de 34 anos, e deixou outro ferido.

O acidente ocorreu onde foi erguida a nova arquibancada, que será montada sobre a estrutura da antiga, na área em frente à Avenida Francisco Matarazzo.

Esse é o segundo acidente que atinge as obras dos novos estádios em São Paulo em menos de dois meses. Em novembro de 2013, um guindaste caiu enquanto içava parte da cobertura do Itaquerão e duas pessoas morreram. Por conta da tragédia, os trabalhos no estádio do Corinthians ficaram suspensos por um período.

A WTorre, responsável pelas obras da construção da nova Arena do Palmeiras, explicou que o problema que ocorreu no fim da tarde desta sexta-feira, quando parte da estrutura metálica da cobertura cedeu devido às fortes chuvas que caíram, não vai alterar o cronograma da obra.

Confira na integra a nota oficial divulgada pela WTorre:

Por volta das 17 horas desta sexta-feira, a chuva e o vento forte que atingiram a região oeste da cidade de São Paulo levaram a uma paralisação imediata das obras da nova Arena do Palmeiras. Uma peça da cobertura que ainda não estava totalmente fixada foi deslocada pelo vento. Não houve outros danos materiais e ninguém ficou ferido. O ocorrido não altera o cronograma da obra.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo