Barcelona confirma gasto extra de R$ 100 milhões com Neymar

Por Tercio Braga
Neymar comemora o seu gol contra o Real Madrid |  David Ramos/Getty Images Neymar comemora o seu gol contra o Real Madrid | David Ramos/Getty Images

O Barcelona tentou explicar nesta sexta-feira quanto pagou na contratação de Neymar. O clube divulgou as cláusulas sigilosas do contrato e o diretor financeiro Raul Sanllehí confirmou o valor total em 86,2 milhões de euros, cerca de R$ 283 milhões.

Josep María Bartomeu, novo presidente do Barcelona, também participou da coletiva para explicar o caso que culiminou na queda de Sandro Rosell, antigo mandatário.

O Barcelona afirmou que pagou 57 milhões de euros (R$ 187,6 milhões) pelo craque, mas considerando as luvas recebidas pelo jogador, os contratos de publicidade e o acordo de prioridade com o Santos, o valor sobe para 86,2 milhões de euros (R$ 283 milhões).

Para justificar os novos valores, Bartomeu diss que o pai de Neymar autorizou o clube a mostrar os números, quebrando a confidencialidade porque “considerava injusto o resultado de todo o caso”.

“Os documentos deixam claro que o Barça pagou 57 milhões de euros. Não mentimos. Esta operação foi supervisionada. Estamos dentro da legalidade. É um assunto de estratégia”, disse.

O diretor financeiro também fez questão de destacar que Neymar recebeu ofertas maiores do que as do Barça. “Neymar estaria livre a partir de 2014. Vários clubes estavam interessados nele. O pai do jogador recebeu uma oferta de 60 milhões de euros (R$ 197,5 milhões) de uma empresa. Ela subiu para 100 milhões (R$ 329,2 milhões), com um salário maior do que poderíamos pagar. O melhor que conseguimos foi ganhar do Santos, no Mundial de 2011. A partir daquele dia, Neymar disse que havia entendido o que era o futebol. Depois, ele recusou a oferta.”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo