Oswaldo de Oliveira justifica "banana" a torcedores do Santos

Por Tercio Braga
Oswaldo de Oliveira manda banana para os torcedores / Rodrigo Capote/UOL/Folhapress Oswaldo de Oliveira manda banana para os torcedores / Rodrigo Capote/UOL/Folhapress

O técnico Oswaldo de Oliveira nem bem chegou no Santos e já viveu na terça-feira, na segunda rodada do Paulista, a primeira rusga com os torcedores. Chamado de burro enquanto perdia para o Audax por 1 a 0, o treinador extravasou quando o time empatou a partida e mandou uma banana para os torcedores da numerada do Pacaembu.

Oswaldo justificou o gesto como um recado para a meia dúzia de corneteiros e tratou de exaltar a principal organizada do clube. “Não eram mais de dois. A torcida nos ajudou muito, a Torcida Jovem incentivou, aumentou o volume quando tomamos o gol, foi sensacional”, comentou.

“Se o torcedor não apoia um garoto que vai entrar na primeira vez no Pacaembu, como vai ser? Não considero paixão, a Torcida Jovem sim, está de parabéns, me arrepiou, me encorajou”, emendou.

O Santos jogou desfalcado de cinco titulares contra o Audax: Edu Dracena, Montillo e Arouca, lesionados, e Cícero e Leandro Damião, que ainda não estão regularizados. Por isso, Oswaldo de Oliveira teve que escalar como titular alguns jogadores recém-promovidos das categorias de base, como o autor do gol salvador, o zagueiro Jubal.

Apesar de tudo, o Santos lidera o grupo B, com quatro pontos. Na próxima rodada, enfrentará o Ituano, domingo, às 19h30, fora de casa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo