Justiça liberta 17 acusados por briga em Joinville

Por Tercio Braga
Torcedores de Atlético-PR e Vasco se enfrentam em Joinville / Reprodução/Band Torcedores de Atlético-PR e Vasco se enfrentam em Joinville / Reprodução/Band

A Justiça de Santa Catarina determinou nesta segunda-feira a liberação de 17 pessoas que supostamente estariam envolvidas na briga entre torcidas de Atlético-PR e Vasco na última rodada do Campeonato Brasileiro 2013, no dia 8 de dezembro, em Joinville.

Entre os liberados está o ex-vereador de Curitiba, Juliano Borghetti. Dos 25 homens detidos, oito torcedores tiveram a prisão preventiva renovada. Três cariocas que tiveram mandados de prisão preventiva emitidos são considerados foragidos da Justiça.

O Ministério Público de Santa Catarina pede que todos sejam indiciados por tentativa de homicídio, dano ao patrimônio e crimes ligados ao Estatuto do Torcedor.

A briga generalizada entre torcedores nas arquibancadas da Arena Joinville deixou quatro feridos em estado grave, sendo um com fratura no crânio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo