Milhares se despedem do ex-jogador Eusébio em Lisboa

Por BAND
Fãs se despedem de Eusébio no Estádio da Luz, em Lisboa | Rafael Marchante/ Reuters Fãs se despedem de Eusébio no Estádio da Luz, em Lisboa | Rafael Marchante/ Reuters

Milhares de pessoas visitaram nesta segunda-feira o estádio da Luz de Lisboa, do Benfica, para dar o último adeus ao craque Eusébio, morto no domingo. Nem mesmo a torrencial chuva que atingiu a cidade afastou os fãs que quiseram acompanhar o velório e, depois, o enterro do maior jogador da história de Portugal.

 As portas do estádio se abriram às 9h30 locais (7h30 de Brasília) e as homenagens passaram a tomar conta do cenário português. A Federação Portuguesa de Futebol, por exemplo, colocou na fachada do seu prédio uma grande foto do ex-jogador.

 Segundo o jornal Record, apesar do frio e da chuva que caiu em Lisboa, as pessoas mantinham fluxo constante no estádio da Luz e ostentavam, sobretudo, símbolos do Benfica e de Portugal, mas também de clubes rivais ou do Brasil.

 “Em dia de trabalho, dezenas de pessoas continuam também a passar pela estátua de Eusébio, repleta de flores, cachecóis, bandeiras e outros símbolos”, escreveu o jornal.

 Por volta das 13h30, mais de 10 mil pessoas estavam presentes no local e cantavam “Tu és o nosso rei Eusébio”, enquanto o caixão do craque dava uma volta olímpica no gramado. Depois, o caixão foi levado para pontos importantes da cidade, como a avenida da República e as praças Marquês de Pombal e do Município.

Às 16h, o cotejo seguiu para a Igreja do Seminário da Luz, onde figuras como Figo, Fernando Couto, Pauleta acompanharam a missa de corpo presente. “Eusébio será eterno para os portugueses. Vamos tentar dar-lhe a melhor despedida possível, tê-lo sempre em mente. Perdurará sempre no tempo. É um amigo que se vai”, disse Figo ao Record.

 Da igreja, centenas de pessoas acompanharam o cotejo fúnebre até o cemitério Lumiar, onde Eusébio foi enterrado às 18h40 sob forte chuva. Em cima do caixão, os jogadores Rui Costa, Cardozo e o brasileiro Luisão estenderam uma bandeira do Benfica e selaram o adeus ao “Rei” do futebol português.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo