Anderson Silva sofre grave fratura e perde título nos EUA

Por george.ferreira
Anderson Silva sofreu uma grave fratura e perdeu a luta por nocaute técnico no segundo round / Jayne Kami / Reuters Anderson Silva sofreu uma grave fratura e perdeu a luta por nocaute técnico no segundo round / Jayne Kami / Reuters

Na tentativa de reconquistar o cinturão dos pesos médios (84 kg) do UFC, o brasileiro Anderson Silva sofreu uma fratura chocante na perna esquerda ao aplicar um chute em Chris Weidman no segundo round. A luta foi realizada na madrugada deste domingo, dia 29, em Las Vegas (EUA).

Diferentemente do primeiro encontro em que o brasileiro fez muitas provocações ao adversário, Anderson Silva lutou o primeiro round de forma séria. Mesmo assim, o norte-americano foi melhor e venceu a primeira etapa.

No segundo round, ambos se defenderam bem de início. Após Weidman acertar um chute no corpo, Anderson aplicou um chute e sofreu uma fratura no ato do golpe. Com a lesão, o duelo foi imediatamente interrompido e o título seguiu com o norte-americano.

Sentindo muita dor, Anderson Silva deixou o octógono de maca, com a perna imobilizada e foi direto para o hospital University Medical Center, próximo do ginásio. Ele passou por uma cirurgia e deve ficar mais dois dias no local.

Foi a sexta derrota na carreira de Anderson Silva num total de 39 combates. Já Weidman aumentou sua sequência invicta para 11 triunfos.

Comunicado

O UFC divulgou um comunicado informando que a cirurgia feita em Anderson Silva, que fraturou a perna em luta contra Chris Weidman, na madrugada deste domingo, foi um sucesso. Segundo a organização, o período de recuperação previsto é de até seis meses. A intervenção foi feita em um hospital de Las Vegas, pelo médico Steve Sanders, cirurgião ortopédico do UFC.

Spider sofreu a fratura no segundo round da luta, pelo UFC 168, e foi novamente derrotado por Weidman, que segue dono do cinturão dos médios. O norte-americano explicou que, por não saber da gravidade do problema, inicialmente comemorou a vitória. Segundo ele, a defesa dos chutes foi especialmente treinada para enfrentar Silva.

Leia o comunicado do UFC:

“Após o ocorrido na noite deste sábado no UFC 168, o ex-campeão Anderson Silva foi levado a um hospital em Las Vegas, onde passou por uma cirurgia para reparar a perna esquerda quebrada. A operação foi um sucesso e foi conduzida pelo dr. Steven Sanders, cirurgião ortopédico do UFC. Na intervenção, foi inserida uma haste intramedular na tíbia esquerda de Anderson. A fíbula quebrada foi estabilizada e não será necessária uma cirurgia à parte. Anderson permanecerá um tempo curto no hospital, mas não será submetido a uma nova operação, segundo previsões. O tempo de recuperação para essas lesões leva de três e seis meses”.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo