Justiça nega habeas corpus a 12 torcedores presos

Por BAND

A Justiça de Santa Catarina negou o pedido de habeas corpus de 12 torcedores que se envolveram na briga durante o jogo entre Vasco e Atlético-PR, válido pela última rodada do Brasileirão, na Arena Joinville (SC). A decisão foi publicada na véspera de Natal, pelo relator de plantão da 1 Vara Criminal da Comarca de Joinville, o desembargador Guilherme Nunes Born.

No entendimento do desembargador, os torcedores precisam permanecer presos até o julgamento, pois há riscos de novos confrontos.

“Em face dos acontecimentos, a decretação preventiva da prisão dos pacientes é medida que se impõe mormente que não se vislumbra garantia alguma de que, ao participar de novo evento público de massa, não venham a praticar os mesmos crimes, dos quais estão sendo denunciados”, diz em um trecho do processo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo