Relembre as principais transferências do futebol em 2013

Por BAND

O ano de 2013 pode ser lembrado como o ano da saída de Neymar do Santos – e chegada do craque ao Barcelona. No entanto, outras grandes transferências também marcaram o futebol brasileiro na última temporada. Paulinho foi outro atleta a deixar o País, mas atletas como Julio Baptista e Alexandre Pato foram repatriados. Confira a restrospectiva das principais transferências do ano:

Neymar

A grande sensação no mercado de transferências em 2013 foi a saída de Neymar, após quatro temporadas como profissional, do Santos. Somente a reunião que definiria que o atacante iria deixar o Brasil, ainda sem destino certo, durou um dia todo e só foi concluída de madrugada.

Neymar e sua equipe anunciaram, então, que estudavam duas propostas (Real Madrid e Barcelona), e a decisão foi tomada para a ida do craque ao Barça. Logo em sua apresentação, o primeiro recorde: 56 mil torcedores presentes no estádio Camp Nou

Em uma enquete no site da Fifa, foi apontado como a melhor contratação da janela de transferências europeias, à frente de Bale, que foi para o Real Madrid por 100 mil euros.

No primeiro título que disputou, a Supercopa da Espanha, Neymar fez o gol do empate do Barcelona contra o Atlético de Madri fora de casa, na partida de ida, que viria garantir a taça após a volta sem gols

Alexandre Pato

Contratado como o principal reforço dos clubes brasileiros para a temporada 2013, Alexandre Pato chegou ao Corinthians pela bagatela de R$ 40 milhões paga ao Milan. Foi peça importante na campanha do título paulista ao marcar o último pênalti na disputa contra o São Paulo, nas semifinais.

Mesmo assim, não conseguiu se tornar titular absoluto e ainda caiu em desgraça ao desperdiçar uma penalidade de maneira bizarra e decretar a eliminação do Timão na Copa do Brasil contra o Grêmio.

Pelo Brasileirão, Pato seguiu marcando gols esporadicamente, mas seu desempenho foi um espelho do Corinthians no campeonato, ou seja, jogou ‘para o gasto’. Para o próximo ano, ele espera voltar a mostrar o futebol que se espera dele e reconquistar o prestígio com os torcedores.

Paulinho

Quando o Campeonato Brasileiro sofreu a parada para a disputa da Copa das Confederações, boa parte do noticiário em relação às transferências dos jogadores se voltou à situação de Paulinho. O jogador já havia sido procurado pela Inter de Milão no início do ano, mas o Corinthians não aceitou a proposta. No entanto, em julho o Tottenham decidiu pagar 20 milhões de euros pela rescisão e levou volante ao futebol inglês

Júlio Baptista

Após se destacar na impressionante campanha do Málaga na Liga dos Campeões 2012/2013, Julio Baptista resolveu voltar ao Brasil, dez anos depois de deixar o São Paulo, e foi contratado pelo Cruzeiro.

Na sua apresentação, dia de clássico contra o Atlético-MG e com o Mineirão lotado de cruzeirenses, o meia chegou dentro de um carro-forte, em referência à força física que já lhe rendeu os apelidos de “Tanque” e “Besta”.  Em campo, Julio Baptista foi importante peça no elenco campeão do Brasileirão, embora não tenha sido titular absoluto na campanha.

Montillo

Após a saída de Paulo Henrique Ganso, em 2012, o Santos esperava um meia com categoria para assumir a mítica camisa 10. Montillo foi contratado junto ao Cruzeiro e o Alvinegro pagou R$ 16,2 milhões por 60% – maior valor investido pelo clube em uma contratação. Entretanto, o jogador chegou ao time justamente na temporada em que Neymar deu adeus, ficando com a responsabilidade pela “equipe de transição”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo