Boxeador simula sexo com adversário e perde título dos meio-médios

Por Tercio Braga

Anderson Silva, na sua última defesa de cinturão dos médios no UFC, desdenhou do adversário durante boa parte da luta e acabou nocauteado por Chris Weidman. Já no boxe, um caso parecido aconteceu no último sábado. Ainda no primeiro round da luta pelo título dos meio-médios da Associação Mundial de Boxe (AMB), o então campeão Adrien Broner simulou sexo com o adversário Marcos Maidana, mas acabou derrotado por pontos no final.

No final do primeiro round, o americano Broner aproveitou-se de um momento que o argentino estava de costas e fingiu fazer sexo com ele. O ato, no entanto, causou a revolta dos torcedores presentes no ginásio, em San Antonio, no Texas (Estados Unidos).

Após a provocação, o que se viu foi uma melhor atuação de Maidana, que dominou o adversário e já encaminhava a luta para a vitória quando, no 11º de 12 rounds, revidou o gesto contra o americano.

Ao término do último round, Maidana conquistou o título por decisão unânime, aplicando a primeira derrota na carreira de Broner, que tem 27 vitórias.

Assista ao vídeo:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo