CBF devolve mando da "final" do Brasileirão ao Cruzeiro

Por Tercio Braga
O jogo contra o Grêmio pode ser decisivo para o tricampeonato nacional da Raposa | Washington Alves/Divulgação O jogo contra o Grêmio pode ser decisivo para o tricampeonato nacional da Raposa | Washington Alves/Divulgação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) devolveu ao Cruzeiro a possibilidade de mandar a partida contra o Grêmio, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Mineirão. A entidade voltou atrás porque o clube alegou já ter vendido mais de 30 mil ingressos para o confronto. O jogo pode ser decisivo para o tricampeonato nacional da Raposa.

O Cruzeiro havia sido punido na semana anterior com a perda de um mando de campo pelos incidentes causados pela sua torcida no estádio Independência, no clássico contra o Atlético-MG. O clube recorreu da decisão e o Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em novo julgamento, manteve a punição e a data, em novo julgamento nesta terça-feira.

Com a intervenção da CBF, o clube mineiro vai cumprir a suspensão na partida contra a Ponte Preta, pela 35ª rodada. O jogo já está marcado para o estádio Dilzon de Melo, na cidade de Varginha, que fica à 315 km da capital mineira, ainda sem horário definido.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo