Tite aprova críticas a Pato e diz: "O momento é de aprendizado"

Por Carolina Santos
‘Pato tem de sentir a carne queimar’, diz Tite |  Rodrigo Coca/Fotoarena/Folhapress ‘Pato tem de sentir a carne queimar’, diz Tite | Rodrigo Coca/Fotoarena/Folhapress

Na avaliação do técnico Tite, o momento do atacante Alexandre Pato é de aprendizado. O camisa 7 tem sido alvo de críticas pesadas da torcida desde que perdeu o pênalti decisivo nas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, na última semana. Domingo, no empate por 0 a 0 com o Santos pelo Campeonato Brasileiro, a situação seguiu ruim. Mas, para Tite, há algo de pedagógico nisso.

“É uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional. Ele é um menino inteligente e bem aconselhado, mas tem de passar por isso. Tem de sentir a carne queimar, pensar no próprio erro e crescer em cima disso”, afirmou o comandante alvinegro.

Tite foi além: comparou Pato a Rivellino, um dos maiores ídolos do Timão, que deixou o clube em 1974 após ser considerado o responsável pela “fila” de títulos que durava 20 anos. Pela porta dos fundos, deixou o Parque São Jorge e foi para o Fluminense.

“O reconhecimento que o Rivellino tem é muito grande. Temos de compreender o momento. O torcedor vai ficar chateado comigo, com o Pato, com todos, porque quer vencer. Mas temos de saber diferenciar.”

Pato afirmou que ainda luta para levar a equipe para o G-4 do nacional: “Meu objetivo é tentar ajudar o Corinthians a buscar a Taça Libertadores”, disse o atleta. Essa foi a única declaração do atacante após o clássico.

Com 41 pontos, o Timão ocupa o 12º lugar na tabela. As chances de chegar ao torneio sul-americano, no entanto, são consideradas remotas pelo próprio técnico Tite.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo