Presidente da Uefa quer ampliar Copa do Mundo para 40 seleções

Por Carolina Santos
A proposta de Platini é mais um ponto de atrito entre ele e o atual presidente da Fifa, Sepp Blatter | Joern Pollex/ Gettyimages A proposta de Platini é mais um ponto de atrito entre ele e o atual presidente da Fifa, Sepp Blatter | Joern Pollex/ Gettyimages

O francês Michel Platini, presidente da Uefa, defendeu que a Copa do Mundo passe de 32 para 40 seleções. Em entrevista ao jornal britânico The Times, publicada nesta segunda-feira, o dirigente afirmou que todos os continentes devem ter mais representantes no mundial.

A proposta de Platini é mais um ponto de atrito entre ele e o atual presidente da Fifa, Sepp Blatter, a quem pretende suceder em 2015. Na semana passada, Blatter afirmou que África e Ásia devem ter a representação ampliada na Copa de 2018. As novas vagas destinadas aos continentes, uma para cada, seriam retiradas da Europa e da América do Sul.

O francês é contra retirar seleções dos continentes que dominam o futebol mundial. “Concordo com o presidente Blatter em relação à maior participação da Ásia e da África. Mas isso pode ocorrer sem prejudicar a Europa”, disse Platini.

Na entrevista, Platini afirmou que África, Ásia e Américas poderiam ter mais dois representantes cada. Europa e Oceania ficariam com mais uma seleção cada. A proposta de gigantismo do mundial lembra o que ocorreu com a Eurocopa, o campeonato europeu de seleções, a partir da ascensão do francês à presidência da Uefa. Sob o comando de Platini, a competição passou de 16 para 24 seleções. A ideia agradou o baixo clero da bola, especialmente os países pequenos que se formaram após a desintegração do império soviético e do esfacelamento da antiga Iugoslávia.

O aumento de vagas para a África e Ásia atende dois continentes que juntos somam 101 dos 209 eleitores que escolherão o próximo presidente da Fifa. Platini não esconde o desejo de se candidatar. Blatter, no cargo desde 1998, parou de dizer que cumpre o último mandato. E nessa provável disputa, uma Copa do Mundo mais inchada pode significar mais votos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo