Kleina não se abala com pedidos por técnico no centenário do Palmeiras

Por BAND
Kleina ainda não tem contrato para 2014 | Moacyr Lopes Jr./Folhapress Kleina ainda não tem contrato para 2014 | Moacyr Lopes Jr./Folhapress

Comandante do Palmeiras na Série B, Gilson Kleina sofre com a pressão por parte de alguns torcedores que pedem um técnico ‘de nome’ para o próximo ano, quando o clube comemorará 100 anos. No entanto, ele não se abala e pede uma oportunidade para consagrar o seu trabalho.

“Por se tratar do centenário, muitas pessoas querem vincular isso a treinadores de grande nome. Mas isso não me abala. Até respeito por tudo isso que acontece. É preciso respeitar a trajetória, você só vira um grande profissional se tiver a oportunidade. Você cresce junto com a grandeza da empresa, do clube, e acredito que vai acontecer isso”, comentou Kleina, em entrevista à Rádio Bradesco Esportes FM.

“A gente até entende um pouquinho dessa desconfiança de quando chegamos. O Palmeiras é uma equipe de muita tradição, e que a gente veio naquele momento para fazer de tudo para que o time ficasse (na Série A), mas não ficou. Tive o privilegio, a sorte, a competência e o trabalho de retornar à Série A”.

O Palmeiras lidera a Série B com 69 pontos. Seu próximo compromisso será neste sábado diante do Paraná Clube, às 16h20, no Durival de Britto.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo