Paulo Nobre agenda papo com Gilson Kleina na próxima semana

Por BAND
A diretoria palmeirense ainda não conversou com Kleina sobre 2014 | Levi Bianco/ Brazil Photo Press/ Folhapress A diretoria palmeirense ainda não conversou com Kleina sobre 2014 | Levi Bianco/ Brazil Photo Press/ Folhapress

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, não escapou das perguntas sobre o futuro de Gilson Kleina após o empate com o São Caetano, que garantiu o acesso à Série A. O dirigente manteve o discurso de que não daria detalhes, mas revelou uma conversa com o treinador no vestiário, logo depois do jogo, em que combinou de negociar a partir desta semana.

Veja também
Palmeiras garante retorno à elite após 0 a 0 com o São Caetano
Valdivia lamenta vaias após empate que garantiu Palmeiras na Série A
O que o torcedor do Palmeiras pode esperar para 2014?

“Acabei de conversar com o Gilson e disse que a partir desta semana nós vamos conversar para entender quais são os planos dele, as ideias, a pedida financeira que ele imagina, para começar uma avaliação para a comissão técnica de 2014”, disse Nobre.

Especula-se que o Palmeiras não pretende reajustar o salário do técnico. O que é certo é que o time não fará contratações de peso, o que pode frustrar os planos de Kleina de comandar um elenco valioso no ano do centenário.

“Tenho que saber o que ele acha desse grupo, com quem ele gostaria de contar e se está ao alcance do Palmeiras”, disse o dirigente.

Nobre disse ainda que respeita a vontade dos jogadores, que defenderam a permanência do técnico. Mas descartou qualquer chance de influência de fora da cúpula do futebol na tomada de decisão.

“A avaliação é interna. Respeitamos a opinião de todos, mas é uma decisão exclusiva da diretoria de futebol”, garantiu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo