Vettel acelera rumo ao tetra no GP da Índia

Por Carolina Santos
Vettel atende fãs no autódromo de Buddh. Piloto terá mais três chances se não for campeão no domingo | Ahmad Masood/ Reuters Vettel atende fãs no autódromo de Buddh. Piloto terá mais três chances se não for campeão no domingo | Ahmad Masood/ Reuters

A partir deste domingo, a tendência é que pilotos e equipes da Fórmula 1 concentrem esforços exclusivamente na temporada 2014. Isso porque o alemão Sebastian Vettel deve “oficializar” o tetracampeonato no Grande Prêmio da Índia, em Nova Déli, a partir das 7h30 (de Brasília).

Aos 26 anos, o piloto da Red Bull só precisa de um 5º lugar para ser o tetracampeão mais jovem da história. Ele tem nove vitórias no ano, sendo cinco nas últimas cinco etapas. Há, ainda, três outras corridas (Emirados Árabes, EUA e Brasil) no calendário.

Além da larga diferença de pontos em relação ao vice-líder Fernando Alonso, da Ferrari  – 297 contra 207 do espanhol – Vettel tem outro trunfo: na Índia, ele corre em “casa” – dominou e venceu as provas do ano passado e de 2011, ano em que a F-1 chegou ao país.

Por isso, os rivais admitem que tirar a taça de Vettel é um desafio e tanto: “É preciso um fim de semana perfeito para tirá-lo do degrau mais alto. Pole, corrida, estratégia, tudo perfeito”, falou Mark Webber, companheiro do alemão na Red Bull.

 

Prova pode ser cancelada

 

O GP da Índia está ameaçado de não acontecer. A Suprema Corte do país vai avaliar hoje petição enviada pelo promotor Amit Kumar.  Ele alega que os organizadores não pagaram impostos.

O presidente da Federação Indiana de Automobilismo, Vicky Chandhok, não acredita no cancelamento: “Isso já aconteceu antes. Os juízes não costumam ver com bons olhos a interrupção de um evento esportivo, especialmente na véspera”, afirmou.

Vale lembrar que a Índia está fora do calendário da Fórmula 1 para 2014.

 

Felipe Massa

O piloto brasileiro negou que esteja acertado com a Williams para 2014. A informação foi divulgada na noite de quarta-feira pelo site “Diário Motorsport”.

“É claro que estou conversando com algumas equipes, inclusive a Williams. Não tenho nada a dizer no momento”, disse ele, que deixará a Ferrari.

Loading...
Revisa el siguiente artículo