Copa do Brasil: Corinthians cai nos pênaltis diante do Grêmio

Por Tercio Braga
Corintiano Gil disputa a bola com o gremista Barcos | Jefferson Bernardes/Divulgação Corintiano Gil disputa a bola com o gremista Barcos | Jefferson Bernardes/Divulgação

Alexandre Pato errou uma cavadinha na última cobrança de pênalti do Corinthians e garantiu a vaga do Grêmio às semifinais da Copa do Brasil. Após um jogo muito ruim e um empate sem gols no tempo regulamentar, as duas equipes também sofreram nas penalidades.

Veja também
São Paulo vence jogo de sete gols e avança na Sul-Americana
Atlético-PR empata com Inter e garante vaga na Copa do Brasil
Hernanes marca três e classifica o Flamengo na Copa do Brasil
Vídeo: Pato faz ‘primeiro gol’ na nova Arena Corinthians

Quando o astro alvinegro ajeitou a bola na marca do cal, Danilo e Edenilson (do Timão) e Barcos e Alex Telles (do Grêmio) haviam desperdiçado. Romarinho, Alessandro, Pará, Elano e Kleber haviam marcado. Então, o eterno candidato a craque tentou demonstrar tranquilidade ao ajeitar a bola. Tomou pouca distância e com um leve toque tentou se consagrar. Dida segurou a bola no meio do gol e para delírio dos torcedores tricolores, que lotaram a Arena.

Agora, o Grêmio encara o Atlético-PR nas semifinais. A equipe paranaense eliminou o Inter, arquirrival do Tricolor. O primeiro jogo é em Curitiba e a volta em Porto Alegre.

O jogo

As duas equipes entraram em campo preocupadas em não levar gol. Tite reforçou a marcação no meio-campo ao optar por Edenilson em vez de Renato Augusto. Renato Gaúcho também povoou o time com volantes e manteve os veteranos Zé Roberto e Elano no banco de reservas.

No primeiro tempo houve uma chance para cada equipe. Douglas bateu cruzado e Dida defendeu e Vargas recebeu na entrada da pequena área e isolou.

Na etapa final, o nome de Renato Augusto aparecia nos trending topics do Twitter, mas Tite não colocou o jogador. Trocou Fabio Santos por Igor, Douglas por Danilo e Guilherme por Sheik. Renato Gaúcho estava gostando da equipe e não mexeu. O péssimo futebol continuou.

De destaque apenas um chute de Vargas cruzado que passou com perigo e a expulsão do jogador do Grêmio e de Sheik após um desentendimento.

No fim, Elano entrou no lugar de Ramiro para bater pênalti e assustou Walter em cobrança de falta.

Loading...
Revisa el siguiente artículo