Russo é anunciado como piloto da Toro Rosso na Fórmula 1

Por Tercio Braga
A chegada de Kvyat na Toro Rosso frustra algumas outras jovens promessas do automobilismo internacional | Mark Thompson/Getty Images A chegada de Kvyat na Toro Rosso frustra algumas outras jovens promessas do automobilismo internacional | Mark Thompson/Getty Images

A Toro Rosso anunciou nesta segunda-feira o companheiro de equipe do francês Jean-Éric Vergne para a próxima temporada da Fórmula 1. Trata-se do russo Daniil Kvyat, que chega para ocupar a vaga do australiano Daniel Ricciardo, que foi promovido à tetracampeã Red Bull.

O russo de 19 anos é piloto do programa da Red Bull e disputou neste ano a F-3 Européia. Em 2012, ele foi campeão da F-Renault Alps, com sete triunfos em 14 provas. Atual vice-líder da GP3, Kvyat ainda tem chance de título, pois está a sete pontos do argentino Facu Regalia, faltando apenas mais a rodada dupla de Abu Dhabi para o final do campeonato.

O desempenho de Kvyat chamou a atenção do responsável pelo programa de formação da empresa, o ex-piloto Helmut Marko. “Todo vez que o colocamos no carro, o esforço dele foi marcante. Se um jovem piloto prova que tem talento, paixão e alto nível de trabalho ético, nós o damos uma chance”, disse o dirigente.

A chegada de Kvyat na Toro Rosso frustra algumas outras jovens promessas do automobilismo internacional, como o português António Félix da Costa, terceiro colocado da World Series, que era considerado o grande favorito à vaga.

Kvyat será o segundo russo na história da F-1, dois anos depois de Vitaly Petrov deixar a categoria. Sergey Sirotkin, de 18 anos, que ficou na oitava posição da World Series em 2013, vem sendo cotado para uma vaga na Sauber, e também pode ser outro piloto do país no Mundial da Fórmula 1 no ano que vem.

Loading...
Revisa el siguiente artículo