Atlético-MG vence e Flamengo segue afastado do G-4

Por Carolina Santos
Galo pressionou desde o início e derrotou o Rubro-Negro | Divulgação/ Atlético-MG Galo pressionou desde o início e derrotou o Rubro-Negro | Divulgação/ Atlético-MG

Para o Atlético-MG, o jogo deste domingo era mais um “treino de luxo” na preparação para o Mundial. Mas que valia três pontos. Por isso, o Galo deu poucas chances ao Flamengo no Independência e venceu por 1 a 0, pela 30ª rodada do Brasileirão, e permaneceu perto do G-4 – mesmo que o time já esteja classificado para a Libertadores de 2014. Em situação bem diferente, o Fla se mantém longe dos quatro primeiros e o sonho de uma vaga na competição sul-americana fica mais distante.

O Rubro-Negro, que passou boa parte do campeonato preocupado somente em não ser rebaixado, começou a pensar grande depois de uma boa sequência no segundo turno. Mas a derrota de hoje deixa o Fla no meio da tabela, com 40 pontos – nove a menos que o Botafogo, que ainda entra em campo neste domingo.

Já o Galo segue sua contagem regressiva para o Mundial de Clubes, em dezembro. Mesmo com vários reservas, a equipe de Cuca foi superior em praticamente todo a partida, e o 1 a 0 saiu barato, diante do que foi o jogo até meados do segundo tempo. O Flamengo também poupou jogadores, visando o duelo de quarta-feira pela Copa do Brasil, contra o Botafogo.

Fernandinho, do Atlético-MG, manteve o bom nível dos últimos jogos e foi o destaque no Independência. O atacante abusou dos dribles e deu muito trabalho para a defesa do Fla, em mais uma atuação para não deixar a Massa sentir saudades de Bernard.

Curiosamente, o único gol saiu justamente na etapa final, quando o Fla conseguiu algum equilíbrio. O jovem Lucas Cândido marcou aos 11 minutos, com um chute cheio de efeito, de longe, para garantir mais três pontos na economia que o Galo espera fazer para a reta final do Brasileirão. Até lá, a cabeça dos jogadores estará longe de Belo Horizonte e bem perto de Marrakesh, no Marrocos, palco da estreia no Mundial.

O primeiro tempo foi marcado pela blitz atleticana no Flamengo. O Rubro-Negro mal conseguia atravessar o meio de campo e, por pouco, o time de Jayme de Almeida não abriu o placar em uma das amis de 10 chances de finalização que teve.

Na etapa final, o Galo seguiu dominando, diante de um atabalhoado Flamengo. Após o gol de Lucas Cândido, aos poucos o Atlético-MG foi desacelerando, e dando mais espaço para o Rubro-Negro crescer. Nos últimos minutos, o Galo já não controlava a partida, e o Fla partiu para tentar o empate no desespero. Nem a entrada de Marcelo Moreno mudou o panorama, e o Atlético-MG “matou” mais um no Horto.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo