Helinho tenta superar "síndrome do quase" na decisão da F-Indy

Por Tercio Braga
Castroneves perdeu a ponta do campeonato após duas corridas ruins em Huston | Divulgação Castroneves perdeu a ponta do campeonato após duas corridas ruins em Huston | Divulgação

Desde que estreou na Fórmula Indy, em 1998, Helio Castroneves persegue o título da categoria, objetivo que está perto de ser alcançado em Fontana (EUA), palco da etapa de encerramento da temporada 2013 da categoria. Com 521 pontos, Helinho ocupa a vice-liderança do campeonato, 25 atrás do bicampeão Scott Dixon.

Veja também
Fórmula Indy tem ‘duelo final’ na corrida de Fontana

Três vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápolis (2001, 2002 e 2009), Helinho já foi duas vezes vice-campeão (2002 e 2008) e terminou o campeonato entre os dez primeiros em 11 das 15 temporadas disputadas pelo brasileiro até agora.

Em seis delas, incluindo a temporada 2013, Helinho chegou à etapa final com chances reais de ser campeão. Em 2002, 2003, 2006 e 2008 o piloto da Penske esteve bem próximo de conquistar o título, tendo no campeonato de 2006 sua melhor chance.

Naquela temporada, Helinho terminou o campeonato na terceira posição, apenas dois pontos atrás do campeão Sam Hornish Jr, que encerrou a temporada empatado em pontos com Dan Wheldon, mas levou a melhor no critério de desempate.

Neste sábado (19), em Fontana, Helinho terá mais uma chance de ganhar o campeonato, mas para isso precisa chegar na frente de Dixon e torcer para o neozelandês ir muito mal na prova. A Band, o Bandsports e o Portal da Band transmitem a corrida.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo