Bélgica e Suíça serão cabeças de chave da Copa, aponta projeção

Por Tercio Braga
Jogadores belgas comemoram a classificação até com camisetas especiais: Jogadores belgas comemoram a classificação até com camisetas especiais: ‘Os diabos vermelhos no Brasil’ | Laurent Dubrele/Reuters

Bélgica e Suíça, seleções acostumadas com o papel de coadjuvantes no cenário do futebol mundial, estarão entre os oito cabeças de chave no sorteio da Copa do Mundo do Brasil 2014, de acordo com o simulador da Fifa, que divulgará seu novo ranking nesta quinta-feira.

Na semana passada, a entidade havia confirmado que o ranking do dia 17 de outubro seria levado em conta para definir os cabeças de chave, para não dar vantagem a equipes que disputarão repescagens e poderiam assim pontuar mais do que as outras por disputarem partidas oficiais.

Com este regulamento, a grande vítima da última rodada das eliminatórias foi a tetracampeã mundial Itália, que empatou por 2 a 2 com a Armênia. Hoje na quarta posição do ranking oficial (que leva em conta apenas os resultados até o dia 12 de setembro), a ‘Azzurra’ cai para oitavo de acordo com a projeção do simulador do site da Fifa.

Esta posição não é suficiente, já que o Brasil, que de acordo com o simulador caiu da oitava para a 11ª colocação, tem a condição de cabeça de chave garantida por ser o país-sede.

Resta agora à Itália secar o Uruguai, sexto colocado de acordo com a projeção, que ainda precisa passar pela Jordânia na repescagem para carimbar seu passaporte para o Brasil.

A Holanda, vice-campeã na última edição da Copa, também deve ficar fora da lista dos cabeças de chave por aparecer apenas na nona colocação do simulador.

Os outros grandes favoritos estão nos devidos lugares. A Espanha lidera o ranking à frente da Alemanha (2º) e da Argentina (3º). A Colômbia, que fez uma grande campanha nas eliminatórias sul-americanas, aparece em quarto, na frente da Bélgica, sensação da disputa europeia.

A França, 21ª colocada de acordo com o simulador, pediu para a Fifa para mudar os critérios de atribuição das cabeças de chave, que também se aplica para as repescagens, que disputará em novembro.

Os franceses alegaram que foram prejudicados por integrar uma chave com apenas cinco equipes (contra seis das demais) nas eliminatórias europeias, o que diminuiu suas chances de somar pontos no ranking por disputar menos jogos oficiais.

Nesta quarta-feira, a Fifa informou que “avaliou a solicitação da Federação Francesa de Futebol, mas não tinha como mudar o regulamento no meio da competição”.

Com a decisão, ‘Les Bleus’ correm o risco de enfrentar na repescagem adversários difíceis como o Portugal de Cristiano Ronaldo.

Veja a projeção do ranking da Fifa para o dia 17 de outubro (fonte – simulador FIFA):

1. Espanha, 1513 pontos
2. Alemanha, 1311
3. Argentina, 1266
4. Colômbia, 1178
5. Bélgica, 1175
6. Uruguai, 1164
7. Suíça, 1138
8. Itália, 1136
9. Holanda, 1136
10. Inglaterra, 1080
11. Brasil, 1078

Loading...
Revisa el siguiente artículo