Briga entre torcidas termina com 22 presos em São Paulo

Por george.ferreira

Após uma briga com corintianos, 22 torcedores uniformizados do São Paulo foram detidos na Marginal Tietê, em São Paulo, na noite deste domingo (13).

O encontro entre eles foi marcado pela internet e a polícia já sabia dos planos, mas não conseguiu evitar que os dois grupos se enfrentassem.

Homens do Batalhão de Choque faziam a escolta de quatro ônibus que levavam embora do Estádio do Morumbi os Gaviões da Fiel após a partida, que terminou com um empate sem gols. No entanto, os veículos pararam num acostamento logo após cruzar o cebolão porque sabiam que atrás vinha a Independente.

Durante a briga, a polícia teve que usar bombas e disparar tiros com balas de borracha para evitar que a confusão ficasse maior.

Os torcedores dos dois times portavam barras de ferro, paus, pedras, tesouras e outras ferramentas pontiagudas. Após o enfrentamento, dois torcedores uniformizados e um PM ficaram feridos sem gravidade.

Todos os detidos, inclusive o motorista do ônibus, foram ouvidos e depois liberados. Eles negaram a participação na briga com os torcedores do Corinthians. Nenhum integrante da Gaviões da Fiel foi preso, já que o ônibus em que eles estavam consegui fugir do local.

Loading...
Revisa el siguiente artículo