São Paulo tira invencibilidade do Cruzeiro e se afasta do Z-4

Por Tercio Braga
Douglas comemora o primeiro gol do São Paulo contra o Cruzeiro Marcus Desimoni/ Nitro/ UOL/ Folhapress Douglas comemora o primeiro gol do São Paulo contra o Cruzeiro Marcus Desimoni/ Nitro/ UOL/ Folhapress

Apesar de se tratar de um clássico do futebol brasileiro, um resultado inesperado aconteceu no estádio do Mineirão nesta quarta-feira. O São Paulo, que briga contra a zona de rebaixamento, venceu o Cruzeiro, líder do Campeonato Brasileiro, por 2 a 0, se garantindo fora da degola por mais uma rodada. O Tricolor ainda colocou fim à série celeste de 12 jogos sem perder no Nacional.

Veja também
Coritiba volta a ganhar, e Santos fica mais longe do G-4
Bahia bate Vitória, dá salto na tabela e se afasta do Z-4
Ponte supera o Atlético-MG e volta a respirar no Z-4

Corinthians empata com o Atlético-PR e volta a se preocupar
Vasco vence o Fluminense, mas continua na zona da degola
Botafogo vence, encosta nos líderes e afunda o Náutico

Pressionado pelo triunfo do Vasco por 1 a 0 sobre o Fluminense, que levaria o clube do Morumbi de volta ao Z4 caso não vencesse, o São Paulo chegou a 33 pontos, na 16ª posição, um ponto à frente do Cruz-Maltino.

Já o Cruzeiro não foi muito afetado pela derrota, pois o vice-líder Grêmio também perdeu nesta quarta-feira (para o Criciúma), e manteve a vantagem de 11 pontos na primeira posição isolada.

Veja o lance a lance e as estatísticas do jogo

No primeiro tempo, de maneira surpreendente, o São Paulo foi para cima do Cruzeiro e não se intimidou com o líder do Brasileirão. Mesmo assim, não conseguiu furar o sólido bloqueio. Apostando nos contra-ataques, o time mineiro teve uma oportunidade inacreditável desperdiçada por Willian, aos 31. Após tabela, Ricardo Goulart chutou no canto esquerdo, e Denis defendeu. No rebote, com o gol aberto, atacante chutou na trave.

A melhor chance do São Paulo na primeira etapa aconteceu aos 44 minutos, em um chute forte de Paulo Henrique Ganso, com muito efeito, espalmado pelo goleiro Fábio.

O jogo foi bem diferente após o intervalo. O Cruzeiro tomou a dianteira e comandou as jogadas de ataque, enquanto o Tricolor esperava a hora de dar o bote nos contragolpes. Com paciência, o time de Muricy Ramalho conseguiu abrir o placar aos 30 minutos. Em uma boa jogada pelo lado esquerdo, Maicon avançou, tocou para Ademílson, que fez o pivô e soltou bola limpa para Douglas encher o pé e mandar para o fundo das redes.

Sem deixar o ímpeto cair, o São Paulo se aproveitou do golpe acusado pelos cruzeirenses e logo ampliou. Após sofrer falta na intermediária, Ganso tentou cobrar por baixo da barreira, mas a bola desviou e chegou a Welliton, pela direita. O atacante, então, cruzou na medida para Reinaldo, dividindo com Éverton Ribeiro, marcar o segundo.

Pela 28ª rodada do Brasileirão, os dois times têm clássicos pela frente. O Cruzeiro encara o Atlético-MG no Independência, e o São Paulo recebe o Corinthians no Morumbi. Ambas as partidas acontecem às 16h (de Brasília).

Loading...
Revisa el siguiente artículo