Muricy critica nível técnico do Brasileirão e culpa desgaste físico

Por Tercio Braga

Ao comentar o estado físico do São Paulo após o triunfo sobre o Vitória, Muricy Ramalho acabou fazendo uma crítica maior ao futebol brasileiro. Como se fosse um porta-voz do movimento Bom Senso FC, organizado pelos jogadores por um novo calendário, o treinador fez duras críticas à atual situação dos clubes. Para Muricy, o Brasileirão 2013 tem nível fraco, e a culpa é do cansaço. E este, por sua vez, é causado pela sequência de jogos.

“Não sei que tipo de futebol o Brasil está jogando. Por isso o nível do campeonato não está bom. Não se treina. Ninguém descansa. É concentração e jogo. Eles (jogadores do São Paulo) estão dois dias presos (na concentração). Mas é o único jeito de coloca-los deitados, comendo, tentando recuperar. A gente não tem o controle, jogador nunca está preparado. Todos os clubes estão assim. Esse é um dos piores Brasileiros que já vi”, declarou Muricy, quatro vezes campeão do nacional – três com o São Paulo e uma com o Fluminense.

O técnico já havia criticado o preparo físico dos tricolores na semana passada. Ao falar sobre a derrota para o Santos, na última quarta-feira, Muricy voltou a falar do estado físico dos atletas.

“Nosso time sentiu muito na partida em Santos. A sequência é dura, o time estava muito cansado. Eu também cobrei muito eles, que fazem o que podem. Eles saem de campo arrebentados”, afirmou o técnico, defendendo os comandados.

A sequência do São Paulo deve ficar ainda mais dura esta semana, já que o próximo adversário é o líder Cruzeiro, no Mineirão, na quarta-feira. Pelo menos o time terá um dia a mais do que o normal para descansar.

Loading...
Revisa el siguiente artículo