Atlético-MG goleia, e complia situação da Ponte Preta

Por Tercio Braga
Jô comemora um dos gols da vitória que manteve o Galo perto dos líderes | Bruno Cantini/Divulgação Jô comemora o terceiro gol da vitória por 4 a 0, que manteve o Galo perto dos líderes | Bruno Cantini/Divulgação

Embora não contasse com o time completo, o Atlético-MG não tomou conhecimento da Ponte Preta e goleou a Macaca por 4 a 0, nesta quinta-feira, no estádio Independência, em jogo adiado da oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado complicou a vida da equipe campineira, vice-lanterna do Brasileirão.

Com o resultado, o Galo chegou a 38 pontos, na quinta colocação. Como o time já tem vaga garantida para a Libertadores por ser o atual campeão, caso fique entre os quatro primeiros, o quinto colocado será classificado. A Ponte Preta, por sua vez, contava com o jogo a menos para sair do sufoco na zona de rebaixamento, mas acabou com os mesmos 22 pontos, na penúltima colocação.

Mesmo sem contar com Réver e Ronaldinho, o Atlético-MG mostrou a mesma intensidade dos jogos da Libertadores no estádio Independência. O tima abriu o placar logo aos seis minutos, com Marcos Rocha, que invadiu a área, chutou em cima do goleiro, mas aproveitou o rebote para mandar para as redes. O segundo gol era questão de tempo e saiu em cobrança de falta ensaiada, aos 23. Pelo lado direito do ataque, Luan rolou para Jô chutar forte no canto direito.

Com a vitória praticamente assegurada, o Galo soube administrar o jogo no primeiro tempo. Na segunda etapa veio a consolidação da goleada. Jô recebeu belo passe de Leandro Donizete e chutou forte da entrada da área para fazer 3 a 0. Já aos 38 minutos, Luan cruzou na medida para Alecsandro, na pequena área, dar números finais ao marcador.

Pela 26ª rodada do Brasileirão, o Atlético-MG volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o Corinthians, no Independência. Já a Ponte joga no mesmo dia, mas às 18h30, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova.

Loading...
Revisa el siguiente artículo