CBF: "Vão faltar datas para o futebol"

Por Carolina Santos
Ronaldinho é cotado para integrar o Ronaldinho é cotado para integrar o ‘Bonsenso FC’| Bruno Cantinani/Atlético-MG

A partir de segunda-feira, o movimento que reúne 75 atletas das Séries A e B, conhecido como “Bom Senso F.C.”, deve ganhar mais corpo para reivindicar mudanças no futebol brasileiro. Enquanto isso, a CBF já demonstra que não deve fazer alterações drásticas.

“O próximo ano será excepcional por causa da Copa do Mundo. Tem que existir uma boa vontade de todas as partes”, disse o diretor jurídico da entidade, Carlos Eugênio Lopes, em entrevista à “Folha de S.Paulo”.

“Se tivermos um mês para a pré-temporada e o Brasileiro sendo interrompido durante a Copa [por 45 dias], o ano não termina para o futebol. Faltarão datas”, completou.

Uma das principais reclamações dos atletas é em relação ao número de jogos e pouco tempo de férias e pré-temporada – o início dos estaduais está marcado para 12 de janeiro, enquanto o Campeonato Brasileiro acaba em 8 de dezembro.

Alguns treinadores também se mostraram favoráveis ao movimento. Foi o caso de Muricy Ramalho, do São Paulo: “Eu acho muito correto o que estão fazendo. Demorou para fazerem isso. Está uma loucura, todo dia tem jogo, sem preparação. Eles não estão pensando só na próxima temporada, mas, sim, no longo prazo. Acho um absurdo a preparação dos times brasileiros. Vai melhorar para todos nós do futebol.”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo