Muricy Ramalho assume o São Paulo no lugar de Autuori

Por Carolina Santos
Muricy Ramalho retorna ao São Paulo em momento delicado | Ricardo Saibun/ Divulgação Muricy Ramalho retorna ao São Paulo em momento delicado | Ricardo Saibun/ Divulgação

A segunda passagem de Paulo Autuori no comando técnico do São Paulo destoou totalmente da primeira, em 2005. Naquele ano, conduziu o Tricolor nas conquistas da Libertadores e do Mundial. Em 2013, voltou como a salvação do time para fugir do rebaixamento no Brasileirão. Porém, foi um tremendo fiasco e, após dois meses no cargo foi demitido por Juvenal Juvêncio, presidente do clube. Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro com o São Paulo, assume o rojão.

O golpe que selou a queda de Autuori ocorreu no último domingo em Curitiba. Sob a batuta de Alex, o Coritiba bateu o combalido São Paulo por 2 a 0. Nesses 60 dias de trabalho, o time venceu apenas três oponentes (Benfica, Fluminense e Náutico) e continua em seu calvário no Brasileirão.

Foram dez derrotas e outros quatro empates. 25% de aproveitamento. Paulo Autuori assumiu o time após a diretoria rifar Ney Franco, que ficou extamente 1 ano no clube. Publicamente, jogadores e outros funcionários do clube afirmavam que o ambiente no CT da Barra Funda havia melhorado e que os jogadores estavam satisfeitos com a filosofia de trabalho de Autuori.

Entretanto, o clima fora do campo não era levado para os jogos e o elenco continuava sem confiança. Jogadores como Luis Fabiano, Ganso, Jadson e Osvaldo caíram de rendimento. Até o capitão Rogério Ceni passou a ser cobrado após perder pênaltis em jogos decisivos. As derrotas foram se sucedendo e o Tricolor se afundava na zona de rebaixamento.

No meio desse turbilhão, a excursão para o exterior foi um fiasco. O único reflexo foi que os jogadores voltaram mais cansados do que antes, visto que o São Paulo jogou na Alemanha (2 vezes), em Portugal e no Japão num período de 8 dias. Os jogos adiados foram disputados na última semana. E novamente os jogadores sentiram o peso da maratona de jogos, ao jogar 4 vezes na semana.

Agora, o São Paulo tem 19 partidas para evitar o maior vexame de sua história: o rebaixamento – inédito – para a Segunda Divisão. A primeira batalha será contra a Ponte Preta, quinta-feira, no Morumbi. Com 18 pontos somados no 1º turno, o Tricolor tem o pior aproveitamento entre os clubes grandes que foram rebaixados nos últimos anos.

Veja a nota oficial do São Paulo

Na tarde desta segunda-feira (09), o São Paulo Futebol Clube decidiu substituir Paulo Autuori, que ocupava o cargo de Treinador da equipe de futebol desde o dia 11 de junho de 2013. Nesse período, Paulo Autuori conquistou a Eusébio Cup ao vencer o SL Benfica em Lisboa – Portugal.

O São Paulo Futebol Clube agradece pelo excelente trabalho realizado por Paulo Autuori e pelos profissionais de sua equipe, que nessa segunda passagem pelo Morumbi somente ratificaram o caráter e a qualificação profissional que os levaram a marcar uma página especial na História do Clube ao conquistar a Copa Libertadores e o Campeonato Mundial de Clubes no ano de 2005.

Para o lugar de Paulo Autuori, o São Paulo Futebol Clube contratou outro nome de peso em sua História, o Tricampeão Brasileiro Muricy Ramalho, que retorna ao clube após 5 anos.

Muricy Ramalho já iniciará seu trabalho no treinamento de amanhã, e dirigirá o time na partida da próxima quinta-feira (12) contra a Ponte Preta, no Estádio do Morumbi.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo