Kaká volta para o Milan e confia em retorno à Seleção

Por fabiosaraiva
Kaká, que voltou para o Milan | Danny Moloshok/ Reuters Kaká, que voltou para o Milan | Danny Moloshok/ Reuters

O meia Kaká está confiante que o seu retorno ao Milan poderá representar uma chance de retornar à Seleção Brasileira e jogar a Copa do Mundo do próximo ano, no Brasil.

 

“Penso que o Milan pode me levar de volta à seleção brasileira. É um ano especial para mim e tenho vontade de disputar a Copa do Mundo no Brasil”, afirmou Kaká em sua chegada a Milão.

 

A última vez que Kaká foi convocado para a Seleção foi para os amistosos contra Itália e Rússia, em março deste ano. No empate por 2 a 2 com a Azzurra, começou no banco e entrou durante a partida. Diante dos russos, com nova igualdade (1 a 1), o meia foi titular e usou a camisa 10.

 

O brasileiro lamentou não ter tido sucesso no Real Madrid, e que entendeu que era hora de deixar o clube merengue.

 

“Fiz o possível para que as coisas corressem bem no Real Madrid, mas quando entendi que não havia espaço para mim, preferi ir embora”, disse o meia.

 

Kaká afirmou que está bem fisicamente e que há 15 dias pensava em fechar com o Milan.

 

“Fisicamente estou bem. Há um tempo que não tenho lesões e estou com vontade de jogar. O dinheiro nunca foi prioridade e vou demonstrá-lo agora. Há 15 dias comecei a pensar em voltar, falei com Carlo Ancelotti e entendi que o ideal para mim era voltar”, declarou o brasileiro.

 

Volta ao Milan

 

Kaká, que já é oficialmente jogador do Milan, retorna ao clube italiano após quatro anos no Real.

“Volto para casa, estou muito feliz. Temos um grande time, voltarei a vestir a minha camisa 22. Não posso esperar por voltar ao San Siro, há amores que não se esquecem”, disse Kaká à rede de TV Sky Sports.

O contrato de Kaká com o Milan será até junho de 2015, com salário anual de quatro milhões de euros (R$ 12,5 milhões). Isto representa menos da metade do que auferia no Real Madrid, que era 10 milhões de euros (R$ 31,3 milhões). No entanto, o jogador brasileiro ganhará bônus caso alcance alguns objetivos.

A saída do meia do Real Madrid foi a custo zero. Na visão dos dirigentes merengues isso significa um enorme alívio financeiro aos cofres do clube. Kaká custava ao Real algo em torno de 20 milhões de euros (R$ 62,5 milhões), já que ainda restavam dois anos de contrato.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo