São Paulo joga atrás e empata com o Botafogo

Por Carolina Santos

Ruim para os dois lados. O empate sem gols entre Botafogo e São Paulo, neste domingo, no Maracanã não ajudou nenhum dos dois times. Enquanto o alvinegro se distanciou ainda mais da liderança do campeonato, o Tricolor paulista não conseguiu chegar ainda mais perto de deixar a zona de rebaixamento.

Com o empate, o Botafogo caiu duas posições e agora é o quarto colocado, com 30 pontos conquistados. Já o São Paulo está em penúltimo lugar no Brasileirão, com apenas 15 pontos conquistados em 16 jogos. Agora, os alvinegros encaram o o Coritiba, na quinta-feira, no Maracanã, enquanto os paulista recebem o Criciúma, também na quinta, no Morumbi.

 

O jogo

 

Botafogo e São Paulo entraram em campo vivendo momentos distintos no Campeonato Brasileiro. Enquanto os cariocas brigam pelo título, os paulistas lutam para sair da zona de rebaixamento. Mas nos 25 minutos iniciais, parecia que o Tricolor paulista era quem estava na parte de cima da tabela. O time era mais organizado em campo e isso se refletiu nas oportunidades de gol que foram criadas.

 

Depois da superioridade do São Paulo nos minutos iniciais, o Botafogo passou a crescer no jogo e esboçou uma certa pressão. Apesar de não criar nenhuma chance clara de gol, o alvinegro era forte na marcação da saída de bola e no meio de campo, o que possibilitava o time de se manter no campo ofensivo, mas possibilitava bons contra-ataques.

 

Os últimos minutos do primeiro tempo foram o retrato dos 45 minutos iniciais, marcado pelo equilíbrio. O Tricolor paulista voltou a crescer no jogo e estabilizou as ações. Mesmo assim, o Botafogo tentava o ataque e valorizava a posse de bola no ataque. Aos 44 minutos, Seedorf teve a grande oportunidade até então. O jogador recebeu livre e tentou driblar Antônio Carlos, que foi preciso no corte. No fim, resultado justo.

 

Segundo tempo

 

O Botafogo voltou para o segundo tempo buscando o gol a todo custo. O time se lançou ao ataque e tomava a iniciativa do jogo e logo aos quatro minutos viu Seedorf acertar uma balaço no travessão. Apesar de superior no jogo, os alvinegros São Paulo chegar com perigo em alguns contra-ataques.

 

O panorama do início da segunda etapa não mudou muito. Empurrados pela torcida, os alvinegros continuavam tentando, mas a retranca dos paulistas impedia o time de chegar com facilidade ao gol. Em um contra-ataque, o São Paulo chegou com perigo, mas Dória travou o atacante Welliton de forma espetacular, impedindo o gol que abriria o placar.

 

No fim da partida, o nervosismo atrapalhava o Botafogo, que pouco tocava a bola e via a equipe do São Paulo se aproveitar para ganhar tempo com faltas no campo de ataque. No fim, as tentativas continuavam, mas nada mudou. Empate sem gols e resultado ruim para as duas equipes.

 

FICHA TÉCNICA

 

BOTAFOGO  X SÃO PAULO

 

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 1/9/2013 – 16h (de Brasília)

 

Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-DF)

Auxiliares: Alessandro Mattos (BA) e Luiz Silva Teixeira (BA)

Renda e público: R$ 1.002.085 / 23.585 pagantes / 28.591 presentes

 

Cartões amarelos: Bolívar (BOT) ; Jadson, Douglas (SPO)

 

BOTAFOGO: Renan, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Renato 14’/2ºT), Gabriel, Lodeiro e Seedorf; Rafael Marques e Elias (Alex 34’/2ºT) – Técnico: Oswaldo de Oliveira.

 

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Wellington, Fabrício (Paulo Miranda 29’/2ºT), Jadson (Negueba 37’/2ºT), Ganso e Lucas Evangelista; Osvaldo (Welliton 18’/2ºT) – Técnico: Paulo Autuori.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo