Identificado o 3º corintiano que havia sido preso em Oruro e brigou no DF

Por fabiosaraiva

A lista de corintianos ex-presos de Oruro identificados no confronto do Mané Garrincha aumentou. Em análise feita por peritos criminais do DF em fotos, a pedido do jornal “Lance”, o torcedor Fabio Neves Domingos, o Dumemo, um dos 12 detidos na Bolívia, foi visto entre os brigões durante o jogo entre Vasco e Corinthians, no último domingo, em Brasília. Fábio é membro da organizada Pavilhão Nove.

 

Com Dumemo, já são três os ex-presos de Oruro (após a morte do boliviano Kevin Espada, durante jogo da Libertadores contra o San José) envolvidos na briga entre facções na arquibancada do Mané Garrincha. Os outros dois, identificados pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, são Leandro Silva de Oliveira, o Soldado, e Cleuter Barreto Barros, o Manaus – ambos da Gaviões da Fiel.

 

Leandro e Raimundo Cesar Faustino, vereador de Francisco Morato, também identificado na briga, foram suspensos dos estádios de Brasília. Em São Paulo, a Federação Paulista de Futebol (FPF) decretou a proibição da entrada dos dois nos estádios pelo período de 90 dias. Leandro e Raimundo também foram indiciados pela Polícia Civil do Distrito Federal.

 

Na esfera esportiva, Vasco e Corinthians foram denunciados pela procuradoria do STJD nesta quinta-feira, e podem ter que jogar com portões fechados ou somente com a presença da torcida visitante.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo