Corinthians e Vasco podem perder dez mandos por briga em Brasília

Por Tercio Braga

Corinthians e Vasco podem perder dez mandos de campo e levar uma multa de até R$ 100 mil por conta da briga entre torcedores no estádio Mané Garrincha, domingo, em Brasília.

Veja também
Corintiano preso em Oruro se envolveu na briga do jogo contra o Vasco

O STJD informou que vai analisar as imagens para abrir processo disciplinar. O Ministério Público do Rio de Janeiro vai instaurar inquérito para apurar as responsabilidades de cada clube.

A briga entre membros da Gaviões com torcedores organizados do Vasco aconteceu no intervalo do empate por 1 a 1, quando um grupo de corintianos se aproveitou da ausência de barreiras físicas e do pouco isolamento policial para atravessar a arquibancada e correr em direção ao local destinado ao rival. A segurança tentou fazer a proteção, dando início a um conflito. Três policiais ficaram feridos. Um registrou Boletim de Ocorrência por agressão.

Após a briga, quatro torcedores do Timão foram detidos aleatoriamente, sendo liberados à noite por falta de evidências. A Polícia Civil do Distrito Federal vai abrir uma investigação para identificar por meio das imagens os torcedores brigões. Eles poderão ser enquadrados no artigo 41 do Estatuto do Torcedor, que prevê a exclusão dos estádios por até três anos para quem “promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em eventos esportivos”.

Na última segunda-feira, a Polícia Militar do Distrito Federal prometeu “confinar” as organizadas nas próximas partidas realizadas no Mané Garrincha.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo